Marcelo Katsuki

Comes & Bebes

 

Parece mas não é

Sorvete, torta, sushi e tarteletes? Nada disso. Protetor labial, anel, sabonetes e gloss!!! Pequenas 'gourmandises' da boutique virtual francesa Suicidal Shop. O bom é que não engorda. Só o olho!

 

Escrito por Marcelo Katsuki às 08h58

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A vez da cozinha peruana

No final de 2006 me perguntaram numa entrevista qual seria a tendência para 2007 e eu falei que seria a difusão da cozinha peruana. Olha a pessoa querendo bancar a mãe Dinah! Mas o ano acabou e nada... Pelo menos por aqui.

Agora, com um pequeno atraso a cozinha peruana começa a se instalar de fato na cidade com a abertura de restaurantes totalmente dedicados aos ceviches e tiraditos. Nas semana passada fui à festa de inauguração de um deles, o La Mar (R. Tabapuã, 1.410, Itaim, 0/xx/11/3073-1213), que tem à frente o renomado chef peruano Gastón Acurio e entre seus sócios Alexandre Miqui, do Shimo.

Instalado em uma bela construção com pé-direito duplo e espelho d'água na entrada, o restaurante tem até um certo clima praiano. Os cebiches são as estrelas do cardápio mas há também as causas, bolinhos de batata com limão e ají recheados de frutos do mar, tiraditos, massas e saltados. E os arrozes, tão reconfortantes que dá vontade de levar para comer em casa. Enfim, o lugar promete. Abaixo, mais algumas imagens da noite.

O chef peruano Gastón Acurio.

Muita música latina para acompanhar as doses de pisco.

Os deliciosos arrozes, em opções frias ou quentes.

Linha de produção corrida na cozinha.

Ricardo Castilho e Claudia Esquilante.

Escrito por Marcelo Katsuki às 01h08

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Salve São Jorge

Hoje é dia de São Jorge, o santo amado pelos cariocas e feriado municipal no Rio de Janeiro, uhu!

Para comemorar a data, o Pirajá (Av. Brig. Faria Lima, 64 - Tel. 0/xx/11/3815-6881), o 'primeiro bar carioca de São Paulo' vai oferecer o tradicional Caldinho de galo até o dia 30 de abril. A receita foi compilada pelo compositor Moacyr Luz, cavaleiro de Jorge e padrinho do bar e está logo abaixo para você poder se deliciar em casa também.

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h20

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Barreado em Morretes

Domingo foi dia de barreado. Peguei o carro e encarei cinco horas até Morretes, no Paraná, só para tentar comer um autêntico barreado e comprar algumas panelas próprias para o preparo do prato. Meu amigo Fernando me disse que estou ficando uma pessoa excêntrica. Será?

A Estrada da Graciosa que liga a rodovia Régis Bittencourt até a cidade faz jus ao nome com sua paisagem colorida por flores e recantos ao longo da sinuosa e estreita pista. Mas o excesso de carros e curvas faz a chegada a Morretes ser acompanhada de um certo alívio.

Onde comprar as panelas não é complicado, já que são poucos os lugares onde elas são comercializadas. Já para comer há várias opções. Como era fim de tarde, muitos lugares já baixavam suas portas e foi andando pela rua da feirinha que encontrei um belo casario, amplo e com um bonito deque às margens do rio e que servia o prato! O lugar chama-se Empório do Largo (Largo Dr. José Pereira, 152 - tel.: 0/xx/41/3462-1190 - Morretes / PR) e ocupa um antigo casarão da cidade, que foi todo reformado para abrigar o restaurante.

Há três opções de barreado: o tradicional, o Especial, que acompanha camarão e pescada à milanesa e o Empório, que além dos pescados traz ainda porção de gratinado de siri e salada. Optei pelo tradicional, afinal, estava em busca de um prato 'de raiz'.

O barreado já veio empratado, com a carne misturada com a fina farinha de mandioca local salpicada de cominho em grãos, bem mais aromático. Acompanhado de bananas picantes, laranja e arroz, custa R$ 18. Saboroso e gostei até do cominho, que costumo achar forte.

Vencido pelo cansaço, acabei pernoitando na pousada da Dona Siroba (Praça Comendador Macedo - tel.: 0/xx/41/3462-1522 - Porto de Cima / PR), localizada em Porto de Cima, a 6 km dali. Onde jantei, claro, outro barreado! Dessa vez resolvi experimentar a versão com pescados e camarões, que estavam ótimos, mas confesso que não entendi ainda essa combinação 'especial'l. Encarar o suculento e perfumado barreado munido de banana e farinha depois de comer pirão, bolinhos de peixe, camarões e peixe frito e até uma entradinha de mariscos me pareceu um pouco de exagero. E olha que eu sou guloso!

Terminado o regabofe, corri pro chalé, onde o friozinho e a persistente chuva me puseram para dormir rapidinho na confortável cama de molas. Nem me lembrei dos excessos cometidos...

 

Escrito por Marcelo Katsuki às 22h37

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Atala lá!

O restaurante D.O.M., do chef Alex Atala subiu 16 posições na lista da Restaurant Magazine "The S.Pellegrino World`s 50 Best Restaurants 2009” e agora ocupa o 24°lugar! Se figurar na lista pelos últimos quatro anos consecutivos já era um merecido reconhecimento pelo seu trabalho, manter-se em ascenção é ainda mais motivo de orgulho para a gente que torce pelas nossas estrelas! A escalada continua!

Foto: site do restaurante

Escrito por Marcelo Katsuki às 19h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Festival Nikkey Matsuri

O 4º Festival Nikkey Matsuri, evento que apresenta atividades da cultura japonesa como dança, música e gastronomia, será realizado nos dias 25 e 26 deste mês no Clube Escola Jardim São Paulo, na rua Viri, 425, ao lado da estação do Metrô Jardim São Paulo.

As atividades acontecem das 10h às 20h e incluem ainda artes marciais, origami, cosplay, cerimônia do chá, ikebana (arranjos florais), e shodô (caligrafia japonesa). Como acontece em todos os anos, a Barraca do Bem estará arrecadando alimentos não perecíveis para quatro entidades assitenciais da comunidade nipo-brasileira. Participe!

Escrito por Marcelo Katsuki às 08h59

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Comida di Buteco

Começa amanhã em Belo Horizonte o Comida di Buteco, evento que elege o melhor prato entre 41 bares da capital mineira. Se no ano passado o tema era o torresmo, nesse ano as estrelas são as verduras: couve, taioba e mostarda. Um desses ingredientes precisa fazer parte do prato, que deve ser compartilhado com palito.

A votação segue até o dia 17 de maio e a Saideira será realizada nos dias 22, 23 e 24 de maio, quando acontece uma grande festa reunindo shows musicais e a participação de todos os bares participantes.

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h20

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Melhore suas fotos de comida

O portal Saber do Sabor dá algumas dicas básicas para quem quer melhorar suas fotos de comida. Ótimo serviço para os blogueiros de gastronomia! Clique aqui para ler.

Escrito por Marcelo Katsuki às 13h52

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A China é pop

O Studio 768 (Rua Sergipe, 768 - tel.: 0/xx/11/3663-0911) da chef Carla Pernambuco recebe amanhã, dia 16 a paritr das 21h, o chef Thompson Lee para a primeira edição do Gastro-pop em 2009. O chef é proprietário do Yoshi Sushi-Bar e Restaurante, em São Francisco Xavier, e docente de Culinária Asiática no Senac e na Anhembi-Morumbi e vai apresentar a diversidade da culinária das quatro principais regiões culinárias chinesas: Beijing, Shanghai, Canton, Sichuan. Viaje nos sabores da China!

Escrito por Marcelo Katsuki às 13h06

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

A lasanha do Duilio

Tem blogueiro na cozinha! Hoje o Duilio Ferronato vai preparar suas lasanhas especialíssimas no Le Petit Gourmet (Rua Gomes de Carvalho, 1104, Itaim), da Rita Atrib. No menu, brusquettinhas e salada, quatro tipos de lasanha e mousse light de cupuaçu. O preço é amigo: R$ 30 e as reservas devem ser feitas pelo telefone 5584-9879 com a Lygia. O Duilio avisa que são poucas vagas porque ele não sabe cozinhar para muita gente!

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h21

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ano-Novo tailandês

O Nam Thai (R. Manuel Guedes, 444 - Itaim - tel. 0/xx/11/3168-0662) apresenta seu festival Songkran, o tradicional Ano-Novo tailandês, até esse sábado, 18. O menu completo custa R$ 45 e inclui Sopa agripicante de entrada, Peixe no vapor com molho de limão e arroz Rio Pefume e Banana flambada sobre chocolate e caramelo. Fazendo a reserva antecipadamente, você ainda ganha uma taça de vinho!

Sagu thai (R$ 13,50)

Mais thai! O restaurante Obá (Rua Dr. Melo Alves, 205, Jardins - tel.: 0/xx/11/3086-4774) está completando 4 anos e vai comemorar de 16 e 26 de abril com o Songkran. A novidade é o Geng dtaeng bpet (R$ 58,00), um curry vermelho de pato com especiarias. Lá no Obá a decoração na entrada é sempre uma atração com o Buda no espelho d'água, que você pode banhar pedindo proteção para o ano que se inicia. Legal, né?

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h11

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bufê tailandês

Como nenhum amigo de Perdizes me chamou para provar o delivery do Tele-thai, fui até o Mesa Thai, outro tailandês relativamente novo na cidade, ali no final da Lorena (quase na Rebouças). Uma fachada pequena e envidraçada esconde uma casa com dois ambientes e decoração étnica discreta.

Surpresa: era um bufê thai (e por R$ 29,80)! Outro sonho antigo, com várias amostras da cozinha tailandesa ali para você brincar de menu degustação. Claro que não dá para comparar a qualidade de um prato feito na hora com outro de bufê. Por isso mesmo o Mesa Thai tem menu à la carte também. Mas quando você vê que o preço de um prato é similar ao do bufê, fica dividido: qualidade ou variedade? Fui na segunda opção! E olha que nem estava com fome...

Pratos frios: Salada de pepino e manga, Som tam (salada de papaia verde), Bok choi (acelga chinesa refogada), Salada de nirá com ovos, Salada de berinjela, tudo com aquele perfume de capim limão, coco e claro, pimenta.

Dos quentes, provei Tung tong (trouxinha crocante de legues), Khanon pang na gai (torradinhas de frango com pepino), Khao pad (arroz de jasmim frito com vegetais), um frango ao molho de aniz estrelado, Gai Pad Pong (frango ao curry amarelo) e um purê de abóbora com leite de coco e especiarias. Tudo acompanhado por um chá preto com lichias.

De sobremesa, Tapiocas em calda de capim limão, arroz doce tailandês no vapor com manga fresca, Banana flambada com laranja e gengibre, Trouxinhas de castanha de caju e amêndoas e um delicioso creme de graviola.

Para quem nem estava com fome, comi até demais. Achei divertido e uma boa oportunidade para conhecer uma amostra da aromática e picante cozinha tailandesa. Mas da próxima vez vou provar os pratos à la carte.

Mesa Thai
Alameda Lorena 2128
Jardins - S.Paulo
Tel. 0/xx/11/3062-9000

Escrito por Marcelo Katsuki às 09h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Livro de receitas eletrônico

Olha que idéia boa, para você nunca mais sujar seus livros de receitas na cozinha: um leitor digital de receitas! Além do fichário para até 2.500 receitas, tem timer para você controlar o tempo de preparo e pode ser conectado ao computador via USB. Tecnológico mas 'salgadinho': 300 doletas. Objeto de desejo mesmo, porque esse vai ficar só na vontade! E ainda está em pré-venda. (Dica da Carola)

Escrito por Marcelo Katsuki às 11h43

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O acarajé da Neide

Foi dando carona para um amigo que passei em frente ao Point do Acarajé (R. Herculano de Freitas, 316, Bela Vista). Ele me disse: "Esse acarajé é ótimo". Não tive dúvidas: desci e fui conhecer. A Luiza já havia dado a dica valiosa aqui.

Sem dúvida, um dos mais autênticos e saborosos que já comi: fritura sequinha (nem chega a formar aquele anel de dendê na massa), recheio saboroso e farto, como deve ser. Vatapá, caruru, saladinha de tomate verde e muito camarão seco por R$ 4. A versão sem camarão custa R$ 3.

Dona Neide prepara seu acarajé em uma salinha que mais lembra uma garagem. E ele vale por uma refeição. Mas ela também serve pratos, que variam diariamente. Pode ser um arrumadinho, um xinxim de galinha ou uma moqueca de marisco. O preço é amigo: R$ 7,00 pela porção em pratinho descartável. E vai super bem com uma cervejinha, que pode ser consumida num dos banquinhos ou sentado na calçada, onde é bem mais divertido. O que conta aqui é a descontração (e a ótima comida da Neide, claro)!

Dona Neide e seu acarajé.

Escrito por Marcelo Katsuki às 11h52

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Temaki de pão

O Friccó (Rua Cubatão, 837 - tel. 0/xx/11/5084-0480) está comemorando o seu 12º aniversário com um novo espaço: I Bicchieri del Vino, um bar de vinhos que oferece oito rótulos em taças e quatro petiscos que mudam a cada 15 dias.

O curioso Panaki da foto é um 'temaki de pão com recheio de cordeiro' criado pelo chef Sauro Scarabotta. Vou lá conferir e depois conto!

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h15

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Disk Thai

Você sabia que existe um delivery de comida tailandesa na cidade? Mas fica em Perdizes!!! Há tempos quero experimentar o serviço, mas acho que terei de me oferecer para jantar na casa de algum amigo do bairro, já que moro no Paraíso!

O Tele-thai (tel.: 0/xx/11/3676-1774) tem um menu bem variado com opções de saladas, sopas, massas, peixes e até curry. O site é bem bacaninha e fácil de navegar e o serviço atende de terça a domingo, sempre no jantar. Enfim, um sonho de consumo meu antigo que virou realidade! Pena que no bairro alheio, hehe. Experimente, e depois me conte!

Escrito por Marcelo Katsuki às 19h03

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Para que servem as receitas

Se você perdeu a mesa-redonda do lançamento do livro do Carlos Alberto Dória, clique aqui e veja algumas considerações importantes feitas pelo próprio autor. E aproveite para conhecer um dos mais novos e interessantes blogs de gastronomia da rede. Nos favoritos desde já!

Escrito por Marcelo Katsuki às 18h49

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mini-búrguer de tilápia e siri

Mini-búrguer de tilápia e siri com espuma de coentro e molho agridoce de mel de engenho

Receita do chef Wanderson Medeiros (Rendimento: 6 porções)


Ingredientes
300g de filé de siri bem lavado
200g de tilápia assada
60ml de azeite

30ml de leite de coco
15g de alho picado
30g de cebola picada
30g de pimentão picado
10g de coentro picado
1 limão siciliano (retirar raspas da casca)
60ml de extrato de tomates
1 ovo

duas colheres de farinha de rosca
40ml de vinagre

100ml de caldo de peixe
30g de coentro picado

100ml de mel de engenho

100ml de aceto balsâmico

Modo de Preparo


Búrguer

Aqueça 60 ml de azeite e refogue o alho, a cebola, o coentro, os pimentões picados e incorpore o extrato de tomate. Acrescente o siri com a tilápia desfiada e o suco do limão e misture bem, acerte o sal, tampe a panela e deixe cozinhar mexendo de vez em quando.
Desligue o fogo e acrescente as raspas da casca do limão siciliano. Leve a geladeira por 15 minutos, retire, coloque o ovo, a farinha de rosca e misture até obter uma liga consistente. 
Para dar o formato desejado use moldes de mini-hamburguer e leve ao freezer por 20 minutos.
Na hora de servir basta aquecer o azeite e dourar os búrguers dos dois lados. Para montagem, coloque os mini-búrguers nas conchas de vieira e coloque por cima um fio da redução de mel de engenho. Do lado coloque uma colher da espuma de coentro.

Espuma
Coloque em um recipiente o vinagre, o caldo de peixe, coentro a gosto e a lecitina. Bata com o mixer até formar uma espuma.


Redução
Leve o mel de engenho e o aceto balsâmico ao fogo baixo em uma panela anti-aderente e deixe reduzir pela metade.

Escrito por Marcelo Katsuki às 12h30

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Sal e poesia

Acabei de ler O Sal é um Dom - Receitas de Mãe Canô, livro de Mabel Velloso lançado no final do ano passado. Uma leitura leve e muito agradável, recomendada para o finde! O livro é mais do que um caderno de receitas, mas uma coletânea de memórias com lindas fotos, como a do pirulito de caramelo feito em cone de papel e a emotiva imagem da mesa posta com a cabeceira vazia, desde a morte do pai da autora.

Mabel reuniu as receitas da família e costurou tudo com as lembranças que passeiam pela casa em Santo Amaro. Há receitas práticas e interessantes, como a moqueca de ovo e a maxixada, que pretendo fazer. Mas achei divertida mesmo foi a farofa de mel, que segundo a autora, "torna o paladar mais apurado" ao ser servida com uma moqueca apimentada ou um caruru.

Sem falar que a farofa de mel é um costume antigo usado para que "tudo em volta fique doce, suave, cheio de paz". Uma simpatia diz que ao preparar a farofa com a mão, deve-se dizer o nome da pessoa que se quer "prender", nem que seja pela boca, hehe.
     
O Sal e um Dom - Receitas de Mãe Canô
Autora: Mabel Velloso
Editora: Nova Fronteira
ISBN: 9788520921364

Escrito por Marcelo Katsuki às 09h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Experiência gourmet

Fui conhecer o Gourmet Experience, um evento para convidados da Viver Casa & Gourmet e da GE Eletrodomésticos. A proposta do encontro é promover uma experiência gastronômica onde você pode interagir com os produtos e preparar as receitas com a orientação dos chefs no aconchegante ambiente da 'Viver'.

Até quem não sabe cozinhar se empolga e põe a mão na massa! Mas você não precisa esperar por um evento para poder utilizar o espaço. A Viver Casa & Gourmet disponibiliza os eletrodomésticos e ingredientes diariamente, basta você dar um pulinho lá para poder testar os produtos sem ônus. E passar uma tarde agradável num ambiente gourmet de primeira. Sem falar dos cursos gratuitos realizados diariamente.

Os chefs instruem os participantes.

Conhecia a Adri, que não sabia nem fritar um ovo, mas preparou um risoto!

Luzia no preparo do baião-de-dois.

Com a mão na massa (e a faca no dedo!)

Viver Casa & Gourmet - Vila Mariana
Rua Estela, 116 04011-000
Vila Mariana - São Paulo, SP
Tel.: 0/xx/11/5080-2766

Escrito por Marcelo Katsuki às 10h26

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Para que servem as receitas?

Carlos Alberto Dória lança hoje seu livro "A culinária materialista" na Livraria Cultura do Conjunto Nacional - Teatro Eva Herz, às 19h. Mas no lugar da tradicional noite de autógrafos, vai promover uma mesa-redonda com jornalistas, chefs e professores de gastronomia que irão discutir o significado das receitas culinárias.

Janaina Fidalgo, jornalista da Folha de S.Paulo, coordenará a mesa que contará com Josimar Melo (crítico de gastronomia da Folha), Ricardo Maranhão, Andrew Scott Bushee, Felipe Ribenboim, Rodrigo Oliveira e o autor. Evento imperdível e com entrada franca! Endereço: av. Paulista, 2.076, São Paulo.

Escrito por Marcelo Katsuki às 00h07

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Marcelo Katsuki Marcelo Katsuki é editor de arte de Mídias Digitais da Folha, colaborador da revista sãopaulo e colunista da "Prazeres da Mesa".

BUSCA NO BLOG


TWITTER

    Twitter RSS

    ARQUIVO


    Ver mensagens anteriores
     

    Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
    em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.